Equador convoca comunidade internacional contra a Chevron


Protesto contra a petroleira Chevron.

Protesto contra a petroleira Chevron.

As autoridades equatorianas intensificaram a campanha para denunciar a contaminação ambiental da petroleira Chevron, na parte equatoriana da Amazônia. Em Madri, o chanceler Ricardo Patiño realizou um chamado à comunidade internacional para mostrar os problemas gerados pela empresa na região.

 Patiño pediu que se organizem fóruns a nível internacional para divulgar os prejuízos ambientais promovidos pela Chevron-Texaco. Na Espanha, o chanceler apresentou uma exposição fotográfica na qual ressaltava os graves danos provocados pela empresa na Amazônia.

Em Madri, vários cidadãos criaram um comitê em solidariedade ao país. O chanceler destacou que o Equador tem que se apoiar na comunidade internacional para não enfrentar este desafio sozinho. Segundo Patiño, vários países da América Latina e Europa estão demonstrando apoio a causa.

 No último final de semana, jovens equatorianos e de outras nacionalidades se reuniram no centro de Madri para protestar contra a empresa Chevron. Os manifestantes tinham as mãos pintadas de preto, como símbolo da contaminação ambiental provocada pela petroleira. (agencia púlsar)

Faça um comentário

27 − = 23