Votação do impeachment no plenário do Senado será na próxima terça (9)


(charge: Latuff)

(charge: Latuff)

Está definido: a primeira votação do processo de impeachment no plenário do Senado será realizada na próxima terça-feira (9). Após essa sessão, será estabelecido prazo regimental para a última sessão, algumas semanas depois. Detalhes sobre o rito de votação foram acertados durante reunião realizada na tarde da última quinta-feira (4) entre os integrantes da comissão do impeachment, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, além de líderes partidários.

No encontro, o ministro Lewandowski fez questão de não antecipar ritos e disse que só falará e discutirá sobre a segunda sessão (a final), a ser marcada, caso o processo de afastamento da presidenta Dilma Rousseff seja aprovado no dia nove.

Logo no início da tarde, poucos minutos após o relatório do senador Antonio Anastasia (PSDB-MG), favorável ao impeachment da presidenta Dilma Rousseff, ter sido aprovado pela comissão especial por 14 votos a cinco, Renan abriu a sessão plenária do dia, no Senado, com a leitura da decisão do colegiado. A leitura foi feita na presença de poucos senadores, devido aos trabalhos no período da manhã – uma vez que não apenas os integrantes da comissão como vários outros parlamentares acompanharam a votação do relatório de Anastasia.

Com a votação e a reunião com o ministro Lewandowski, ficam encerrados os trabalhos da comissão especial. O rito dos trabalhos de apreciação do processo passa ao plenário. (pulsar/rba)

 

Faça um comentário

− 2 = 1