Transgêneros garantem uso do nome social no Enem


(foto: revista fórum)

(foto: revista fórum)

Travestis e transexuais poderão solicitar este ano o uso do nome social no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) após a inscrição pela internet. O nome social passou a ser adotado oficialmente na aplicação do exame no ano passado, mas era preciso solicitar o uso por telefone.

No dia do exame, as pessoas trans deverão ser tratadas pelo nome com o qual se identificam e não pelo nome que consta no documento de identidade. Além disso, usarão o banheiro do gênero com o qual se identificam.

Ano passado, foram feitos 95 requerimentos por telefone para o uso do nome social. Nesta edição, os participantes que desejarem esse atendimento deverão enviar cópia do documento de identificação, formulário preenchido e foto recente pelo sistema de inscrição de 15 a 26 de junho, após o período de inscrição, que é de 25 de maio a 5 de junho.

Para o cantor e ativista trans Erick Barbi, a medida foi bem recebida. Segundo ele, o simples fato de o MEC autorizar o nome social já na inscrição tira o peso de ter que  explicar para as demais pessoas. Erick destaca ainda a importância do uso do banheiro de acordo com a identidade de gênero

O edital do exame será publicado nesta segunda-feira (18) no Diário Oficial da União. As provas serão nos dias 24 e 25 de outubro.

*Informações Agência Brasil

Faça um comentário

+ 83 = 91