Trabalhadores vão às ruas contra as Reformas Trabalhista e da Previdência


Centrais sindicais ocupam as ruas contra as reformas de Michel Temer (foto: Paulo Pinto/Agência PT)

Centrais sindicais ocupam as ruas contra as reformas de Michel Temer (foto: Paulo Pinto/Agência PT)

As centrais sindicais de todo o país realizam nesta sexta-feira (10) o dia nacional de protestos em defesa dos direitos sociais. Ao todo, estão marcados atos para 24 capitais e Distrito Federal. O movimento ocupa as ruas de todo o Brasil contra a Reforma da Previdência e Reforma Trabalhista, que entra em vigor a partir deste sábado (11)

O presidente da  Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil (CTB) do Rio de Janeiro, Paulo Farias, destaca que a proposta é fortalecer a unidade das centrais sindicais para barrar as reformas trabalhista e da previdência e a perda de soberania nacional do país.

 As mudanças alteram mais de cem pontos na lei que regulamenta as relações de trabalho no Brasil. De acordo com especialistas, a reforma ampliará a terceirização, a concorrência entre os trabalhadores, o excesso de jornada e acordos individuais, que irão precarizar as relações trabalhistas no país.

Além das marchas, estão previstas assembleias e interrupção de atividades das empresas por períodos curtos, de até uma hora. (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

2 + 6 =