Seminário Nacional discute modelo energético privatizado


(foto: MAB)

(foto: MAB)

Entre os dias 19 e 20 de maio, a cidade de Belo Horizonte (MG) sediou o Seminário Nacional de Política Energética. A proposta do encontro foi atualizar o debate sobre o atual modelo energético e buscar uma pauta comum que balize as ações para os próximos anos.

O evento, que contou com a presença de 14 entidades nacionais integrantes da Plataforma Operária e Camponesa para a Energia, além de representantes de trabalhadores da energia da Argentina, Colômbia, Costa Rica e Venezuela, discutiu principalmente temas relacionados ao petróleo e à energia elétrica.

De acordo com Gilberto Cervinski, integrante do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), o seminário contou com a presença das lideranças das organizações que discutem o tema. Foram cerca de 100 participantes.

Para Gilberto, o modelo energético atual precisa mudar e a energia não pode mais ser uma mercadoria controlada pelo setor privado. Nos próximos meses o MAB pretende organizar seminários regionais para continuar a discussão e mobilizar uma luta nacional. (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

8 + 2 =