Segundo grande ato de artistas por “Diretas Já” reúne 100 mil em São Paulo


Criolo se apresenta para mais de 100 mil em São Paulo (foto: Coletivo Diretas Já)

Criolo se apresenta para mais de 100 mil em São Paulo (foto: Coletivo Diretas Já)

Por “Diretas Já”, mais de 100 mil pessoas acompanharam a série de shows pela democracia neste domingo (4), em São Paulo. Por quase oito horas, dezenas de artistas subiram ao palco para passar mensagens em defesa da democracia, pelo “Fora, Temer” e por eleições diretas. A manifestação na capital paulista ocorre uma semana após um grande ato de mesmo tipo no Rio de Janeiro, que também contou com mais de 100 mil pessoas.

No palco montado no Largo da Batata, zona oeste da capital paulista, se apresentaram blocos de carnaval e cantores dos mais variados estilos. Chico César, Maria Gadu, Paulo Miklos, Edgard Scandurra, Pitty, Otto, Emicida e Criolo foram alguns deles.

O ato convocado por artistas, ativistas da mídia independente e apoiado por movimentos sociais reuniu em um mesmo palco debate político, cidadania, música e poesia.

Os artistas que passaram pelo palco defenderam as pautas centrais: queda do presidente Michel Temer (PMDB) e convocação de eleições diretas. Também não faltaram críticas à agenda política de Temer, com suas propostas de reformas, como a trabalhista e da Previdência, que de acordo com os presentes “atacam direitos” e representam um retrocesso na cidadania brasileira. (pulsar)

*Com informações do Brasil de Fato e RBA

 

 

 

Faça um comentário

45 − 43 =