Projeto de Lei prevê auxílio financeiro para mulheres vítimas de violência doméstica


(imagem: pinterest.com)

(imagem: pinterest.com)

Projeto de Lei em trânsito na Câmara dos Deputados pretende garantir benefício eventual para mulheres vítimas de violência doméstica. A proposta, de autoria do senador Humberto Costa, do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco, altera a lei que regulamenta a assistência social no Brasil e a lei Maria da Penha.

De acordo com o texto, por estarem em condição de vulnerabilidade, as mulheres violentadas teriam direito a um benefício temporário num período que não poderia ser inferior a seis meses.

O texto também considera situação de risco as vítimas sem acesso às condições ou meios para suprir necessidades básicas como alimentares e domiciliares. Mulheres que perderam algum vínculo familiar, que sofreram algum tipo de violência física, sexual ou psicológica na família, que estão sob ameaça também seriam contempladas com o benefício. 

Segundo o senador Humberto Costa, autor do Projeto de Lei 8330/15,  é preciso dar à mulher condições reais para que ela se afaste do seu agressor e para isso é indispensável o apoio financeiro para a sua manutenção durante o período de tratamento e readaptação.

A matéria ainda será analisada pelas comissões de Seguridade Social e Família e de Constituição e Justiça e de Cidadania. (pulsar)

*Com informações da Agência Câmara

Faça um comentário

9 + 1 =