Professores de Recife anunciam greve


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

Os professores da rede municipal de Recife entraram em greve na manhã da última terça-feira (15). Segundo o Sindicato Municipal dos Profissionais de Ensino da Rede Oficial do Recife (Simpere), a greve foi aprovada por mais de dois mil professores que participaram da plenária.

A principal reivindicação dos professores de Recife é o cumprimento da aula-atividade, prevista na Lei do Piso (11.738/08), que estabelece um terço do tempo do educador para o planejamento de aulas e outras atividades acadêmicas. No entanto, a prefeitura disse que os professores deveriam optar pela aula-atividade ou por um bônus.

Para o diretor do Simpere, Carlos Elias Andrade, a troca da hora-atividade por bônus é ilegal. Por outro lado, em nota, a prefeitura alega que a aula-atividade foi totalmente implementada no mês passado.

Segundo a administração pública do município, vários docentes procuraram a Secretaria de Educação solicitando a manutenção do abono, que possuía caráter provisório até a implementação completa da lei. Diante das inúmeras solicitações, a partir de julho, a secretaria resolveu dar aos professores o direito de escolher a opção que melhor atende o servidor público, informou a prefeitura.

Além da aula-atividade, os educadores também exigem um Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração. Os professores seguem em greve por tempo indeterminado.(pulsar)

*Com informações da Agência Brasil

Faça um comentário

1 + 3 =