Primeira Turma do STF decide hoje se aceita denúncia contra o senador Aécio Neves


Senador Aécio Neves (foto: Valter Campanato/ Agência Brasil)

Senador Aécio Neves (foto: Valter Campanato/ Agência Brasil)

Nesta terça-feira (17), a Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide se aceita denúncia contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).  Ele é acusado de corrupção passiva e tentativa de obstrução à Justiça.

Um dia antes do julgamento, o senador convocou uma coletiva de imprensa. Aos jornalistas, Aécio voltou a afirmar que é inocente e fez criticas à Procuradoria Geral da República.

Nessa segunda-feira (16), a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reforçou ao Supremo o pedido de abertura de ação penal contra o senador do PSDB mineiro.

O inquérito é baseado na delação do empresário Joesley Batista, do grupo J&F.  A Polícia Federal gravou uma conversa entre o senador e o empresário. Na ocasião, Aécio pediu R$ 2 milhões a Joesley, dinheiro que, segundo o Ministério Público, seria propina em troca de atuação política.

Aécio argumenta que o dinheiro era referente a um pedido de empréstimo pessoal.

Além do senador, a denúncia aponta a participação da irmã do senador, Andrea Neves, o primo dele, Frederico Pacheco, e Mendherson Souza Lima, ex-assessor parlamentar do senador Zezé Perrella do PMDB. Eles foram acusados de corrupção passiva. (pulsar)

*Informação Radioagência Nacional

Faça um comentário

+ 74 = 78