Porto Alegre lança exposição sobre a luta contra as ditaduras na América Latina


Imagem que integra a mostra em Porto Alegre: um comício realizado na Central do Brasil, no Rio de Janeiro.

A exposição Movimento de Justiça e Direitos Humanos – Onde a Esperança se Refugiou,  instalada na Usina do Gasômetro, em Porto Alegre, mostra o sentimento de terror implantado pelas ditaduras militares que violaram a democracia e os direitos civis no Cone Sul da América, entre 1964 e 1990.

A exposição, que utiliza recursos multimídias se estenderá até o dia 5 de maio, com entrada franca.

Organizada e dividida em cinco eixos, a mostra traz políticas de memória com um acervo de mais de 2 mil fotos desse período, incluindo 366 rostos das vítimas da ditadura militar no Brasil.

Direcionada especialmente à juventude, a exposição incentivará a visitação das escolas de segunda a sexta-feira, permanecendo também aberta ao público aos sábados, domingos e feriados.

Outro recurso da exposição será uma mostra de cinema com a exibição de 11 filmes que retratam episódios dos Anos de Chumbo no Brasil e na América Latina.

A mostra inclui também a pré-estreia de Dossiê Jango, de Paulo Henrique Fontenelle, que ainda não entrou em circuito comercial. As exibições, com sessões comentadas, acontecerão de 30 de abril a 5 de maio, na Usina do Gasômetro. (pulsar/sul21)

 

Faça um comentário

6 + 2 =