Poder público mobiliza doações de sangue e estoque de pele após incêndio em Santa Maria


Bombeiros trabalham diante da única saída da boate. (foto: deivid dutra/razão)

O governo federal acionou bancos de pele de todo o país e dos vizinhos Uruguai, Argentina e Peru para possíveis enxertos em vítimas no incêndio da Boate Kiss, na cidade gaúcha Santa Maria. Já o governo do Rio Grande do Sul chama a população a fazer doações de sangue.

De acordo com o ministro da Saúde, Alexandre Padilha, cerca de 20% das vítimas internadas sofreram grandes queimaduras. Segundo informações da Agência Brasil, 121 pessoas envolvidas no episódio recebem tratamento em hospitais de quatro cidades do estado.

A maioria das vítimas é de estudantes universitários. O estoque de sangue foi suficiente para atender até o momento os pacientes, mas a Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul pede o apoio da população para a reposição do material nos hemocentros.

Além do poder público, a sociedade civil também se mobiliza. Mais de 90 profissionais da área de saúde mental estão envolvidos no atendimento aos familiares das vítimas. Para manter o fluxo constante de equipe, o Conselho Regional de Psicologia está organizando o cadastro de psicólogos voluntários para trabalhar em Santa Maria. Na rede social Facebook, a página “Somos Santa Maria” presta solidariedade e organiza vagas para acomodação de parentes das vítimas.

O incêndio na Boate Kiss ocorreu na madrugada deste domingo (27), deixando pelo menos 231 mortos. Depoimentos de sobreviventes apontam que o fogo começou quando um dos integrantes da banda que se apresentava soltou um sinalizador e faíscas atingiram o teto. O Corpo de Bombeiros informou que o alvará do estabelecimento estava vencido desde agosto do ano passado.

Com mais de 260 mil habitantes, Santa Maria é a quinta maior cidade gaúcha e está a 285 quilômetros de Porto Alegre. Dilma Rousseff decretou luto oficial de três dias no país após o episódio. A presidenta retornou do Chile, onde  participaria da 1ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (Celac) e União Europeia (UE),  e seguiu para o Rio Grande do Sul acompanhada de ministros.

Ouça aqui a declaração de Dilma logo que soube do incêndio em Santa Maria. (pulsar)

 

Faça um comentário

+ 59 = 63