Pesquisa revela que 80% dos brasileiros temem ser torturados em caso de prisão


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

Um estudo divulgado pela Anistia Internacional na última segunda-feira (12) revelou que  80% dos brasileiros temem sofrer tortura no caso de serem detidos por autoridades e 83% afirmam ser preciso a adoção de medidas firmes para combater esta prática.

A pesquisa faz parte da campanha Chega de Tortura, promovida pela Anistia Internacional. Ao todo, 21 mil pessoas de vinte e um países participaram do estudo. O resultado do relatório concluiu que o Brasil é o país mais atingido pelo medo de tortura. Segundo a pesquisa, oito em cada dez brasileiros temem ser vítimas de tortura em caso de detenção por autoridades policiais

O estudo geral concluiu que aproximadamente a metade (44%) dos entrevistados teme ser submetida à tortura se for detida no seu país. A enorme maioria (82%) acredita que deveria existir uma legislação clara contra a prática. Porém, mais de um terço (36%) continua considerando que, em determinadas circunstâncias, a tortura se justifica. No Brasil, o percentual de pessoas defendem a tortura em determinados casos ficou por volta de 19%.

De acordo com a Agência Brasil, a Anistia Internacional recomenda que os governos apliquem medidas como a criminalização da tortura na legislação nacional, abertura dos centros de detenção para fiscalizadores independentes e a gravação em vídeo dos interrogatórios. (pulsar)

*Com informações da Agência Brasil e Anistia Internacional

Faça um comentário

+ 20 = 28