Pesquisa aponta que 77% das mulheres já sofreram assédio sexual


(imagem: kbrdigital.com.br)

(imagem: kbrdigital.com.br)

Uma pesquisa realizada pela ONG ÉNois Inteligência Jovem, em parceria com o Instituto Vladimir Herzog e o Instituto Patrícia Galvão, mostrou que 94 por cento das entrevistadas já foram assediadas verbalmente e 77 por cento, sexualmente. O levantamento ouviu 2 mil 285 mulheres entre 14 e 24 anos, com renda familiar de até 6 mil reais em 370 cidades brasileiras.

O objetivo do estudo foi entender como é ser menina no Brasil, sob a influência do machismo e da violência, tão corriqueiros no país. Uma das conclusões dos pesquisadores é que ainda há, por exemplo, conceitos diferentes do que é “certo” ou “errado” para os diferentes gêneros, principalmente em um contexto afetivo e sexual.

De acordo com o levantamento, 10 por cento delas já foram assediadas sexualmente por familiares, 55 por cento disseram ter sido assediadas sexualmente por desconhecidos e 47 por cento foram forçadas a ter relações sexuais com o parceiro.

Muitas afirmaram ter um sentimento de opressão e insegurança nos espaços públicos, medo de saírem sozinhas à noite ou de usar determinadas roupas que possam chamar a atenção. Cerca de 90 por cento delas já deixaram de fazer algo por receio da violência,“especificamente por serem mulheres”. (pulsar/revista fórum)

Faça um comentário

− 2 = 8