Patrimônio dos 15 mais ricos supera em dez vezes a renda de 14 milhões do Bolsa Família


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

O patrimônio das 15 famílias mais ricas do Brasil é dez vezes maior que a renda de 14 milhões de grupos familiares atendidos pelo programa Bolsa Família. De acordo com a lista divulgada pela revista norte-americana Forbes, os 15 clãs mais abastados do Brasil concentram uma fortuna de 270 bilhões de reais, cerca de 5% do PIB do país. O Bolsa Família, por sua vez, atendeu 14 milhões de famílias em 2013 com um orçamento de 24 bilhões de reais, equivalentes a 0,5% do PIB.

Lidera a lista da publicação a família Marinho, dona das Organizações Globo, que possui uma fortuna de 64 bilhões de reais. Outra empresa de mídia que aparece na lista é o Grupo Abril, do clã Civita, com patrimônio de mais de sete bilhões de reais.

O setor bancário se destaca na origem das fortunas das famílias mais ricas do Brasil, representado pelos clãs Safra, do Banco Safra; Moreira Salles, do Itau/Unibanco; Villela, da holding Itaúsa; Aguiar, do Bradesco; e Setubal, do Itaú.

Em 1987, quando a Forbes produziu a primeira lista, eram três os bilionários do Brasil: Sebastião Camargo, do Grupo Camargo Correa; Antônio Ermírio de Moraes, do Grupo Votorantim; e Roberto Marinho, das Organizações Globo. Hoje, dos 65 bilionários, 25 são parentes. Ou seja, os herdeiros contribuem para a continuidade da alta concentração de renda no país. (pulsar/carta capital)

Faça um comentário

53 − = 46