Para cientista político, um cenário sem Lula favorecerá partidos de centro-direita


Cenário das eleições presidenciais  sem Lula ainda é incerto. (foto: reprodução)

Cenário das eleições presidenciais sem Lula ainda é incerto. (foto: reprodução)

O cientista político e professor da Universidade Federal Fluminense (UFF)  Marcus Ianoni realizou uma análise para a Pulsar Brasil sobre o julgamento  que condenou o ex-presidente Lula na última quarta-feira (24) e o futuro do cenário da corrida presidencial em 2018.

Ianoni criticou os privilégios do judiciário e colocou em xeque o chamado ativismo  da esfera jurídica de combate à corrupção. Para o professor, o judiciário tem benefícios de ‘casta’ e a politização da justiça pode ser um meio de justificar os privilégios que possuem.

Com relação as eleições de 2018, o cientista político pondera os tramites judiciais que implicam a condenação de Lula. Ianoni destacou também que os partidos de centro-direita  se beneficiarão se Lula não conseguir ser candidato e nem transferir os seus votos para um outro nome. O professor acredita que neste cenário hipotético uma candidatura de extrema direita, como a de Bolsonaro, perderia força.

Confira a reportagem abaixo.

Audios:

Faça um comentário

+ 50 = 56