Para 70 por cento dos brasileiros, policiais cometem excessos de violência


Violência policial (charge: Latuff)

Violência policial (charge: Latuff)

Uma pesquisa nacional divulgada na última quarta-feira (2) aponta que 70 por cento da população sente que as polícias cometem excessos de violência. O percentual sobe para os jovens com idade entre 16 e 24 anos, chegando a 75 por cento. Os dados foram apurados pelo Datafolha a pedido do Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP).

Mais da metade da população (53 por cento) tem medo de ser vítima de violência por policiais civis e 59 por cento temem ser agredidos por policiais militares. O índice também sobe entre os jovens – 60 por cento têm medo da Polícia Civil e 67 por cento, da Polícia Militar. O estudo ouviu três mil 625 brasileiros com mais de 16 anos em 217 municípios de todo país. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

A pesquisa revelou também que 64 por cento dos brasileiros acreditam que os policiais são vítimas de criminosos. O anuário do Fórum aponta que, em 2015, 393 policiais foram assassinados, 16 a menos do que no ano anterior.

Segundo o anuário, os policiais brasileiros morrem mais fora do horário de trabalho do que a serviço da corporação: foram 103 mortes durante o expediente, uma alta de 30,4 por cento em relação a 2014, e 290 fora do serviço, queda de 12,1 por cento em relação a 2014, geralmente em situações de reação a roubo. A pesquisa mostra ainda que 63 por cento dos brasileiros acreditam que os policiais não têm boas condições de trabalho. (pulsar)

*Com informações da Agência Brasil

 

Faça um comentário

90 − = 85