Organizações se unem para criar o Observatório da Violência contra Comunicadores


(foto:reprodução)

(foto:reprodução)

O Brasil pode ter em breve o primeiro Observatório da Violência contra Comunicadores. A proposta foi apresentada no dia 11 de março pelo Grupo de Trabalho Direitos Humanos dos Profissionais de Comunicação no Brasil, vinculado ao Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana (CDDPH), da Secretaria de Direitos Humanos (SDH) da Presidência da República.

O observatório pretende monitorar casos de violência, ameaça e a extensão dos programas de proteção a comunicadores vítimas de agressão durante o exercício profissional. O órgão terá uma unidade de recebimento de denúncias, além de mecanismos de proteção aos comunicadores e acompanhamento das investigações, para assegurar punição aos criminosos.

A iniciativa  irá contar com a cooperação entre a Organização das Nações Unidas (ONU), o Ministério da Justiça e a Secretaria de Direitos Humanos  (SDH). Segundo  integrantes do grupo de trabalho, o processo de criação do observatório está adiantado, tendo sido iniciado o envio dos ofícios e tratativas para a implementação do órgão. (pulsar/observatório do direito à comunicação)

Faça um comentário

79 + = 81