No Rio, mulheres se mobilizam pela democracia e contra o golpe


(imagem: reprodução)

(imagem: reprodução)

Nesta quinta-feira (2), acontece no Rio de Janeiro a “Marcha das Mulheres Pela Democracia e Cultura Contra O Golpe“. A concentração está marcada para as quatro horas da tarde, no Largo da Carioca. Na sequência o ato segue para a Praça 15. A presidenta afastada Dilma Rousseff confirmou presença.

De acordo com Geórgia Bello, advogada e integrante do coletivo carioca “À Esquerda da Praça”, o objetivo maior do ato é mostrar que as mulheres não reconhecem o governo ilegítimo do presidente interino Michel Temer.

Geórgia lembra que Dilma foi eleita com cerca de 54 milhões de votos, que precisam ser respeitados. Para ela, a mobilização das mulheres neste momento faz a diferença.

Principalmente após a repercussão do caso de estupro coletivo sofrido por uma adolescente no Rio as mulheres têm ido com frequência para as ruas. A advogada acredita que da mesma forma que as mulheres são violentadas, a democracia também sofre um estupro no cenário político atual. (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

+ 80 = 87