No Maranhão, ato contra a Vale reúne cerca de mil pessoas


(foto: mídia ninja)

(foto: mídia ninja)

Mais de mil pessoas realizaram um ato contra a mineradora Vale do Rio Doce, na cidade de São Luís, no Maranhão, na quinta-feira (8). No estado, muitos assentamentos do Movimento dos Sem Terra (MST) sofrem com os impactos provocados pelos projetos da empresa.

A manifestação intitulada ‘Marcha nos trilhos da resistência’ teve início no centro de convenções da Universidade Federal do Maranhão (UFMA). Durante duas horas os integrantes do movimento percorreram ruas e avenidas da capital com faixas que diziam: ‘A Vale desgraça as comunidades’; ‘Não Vale Saquear’ e ‘Não Vale desmatar’.

O ato pacífico contou com o apoio do Greenpeace. Após chegarem em frente à sede do governo, lideranças de movimentos e de comunidades impactadas fizeram suas falas repudiando a conivência do governo do estado com as atrocidades da Vale. (pulsar/brasil de fato)

Faça um comentário

24 + = 27