Movimentos sociais entregam resultado do plebiscito à presidenta Dilma


(foto: bancariospe.org.br)

(foto: bancariospe.org.br)

Na última segunda-feira (13) ocorreu o encontro entre à presidenta Dilma Rousseff e os integrantes da campanha pelo Plebiscito Constituinte. O evento reuniu diferente movimentos sociais do campo e da cidade para debater os próximos passos de mobilizações em defesa da reforma política.

Durante a quinta Plenária Nacional, Dilma afirmou a necessidade da mudança das regras do jogo do sistema político brasileiro e ressaltou a importância dos movimentos em ampliar a pressão popular para que o Congresso convoque uma consulta oficial à sociedade.

Para a presidenta, a paridade entre as candidaturas de homens e mulheres, o fim das coligações proporcionais parlamentares, que hoje permitem a um deputado com boa votação eleger outro com baixa, desde que o partido esteja coligado, e o financiamento privado de campanha são questões essenciais que precisam ser reformadas com urgência.

A representante da secretaria operativa do Plebiscito, Paola Estrada, lembrou que o movimento pelo plebiscito envolveu mais de mil e 800 comitês em todos os estados do Brasil e reuniu cerca de 100 mil ativistas que trabalharam para colocar 40 mil urnas nas ruas. Números completamente ignorados pelos grandes meios de comunicação. (pulsar/cut)

Faça um comentário

19 + = 20