Movimentos retomam atos contra o golpe a partir de domingo (31)


(foto: Roberto Parizotti)

(foto: Roberto Parizotti)

A Frente Povo sem Medo concentra forças para a realização de atos por todo o país no próximo domingo (31). A organização divulga em sua página no Facebook uma agenda de manifestações também em várias cidades importantes da Europa, promovidas por coletivos e entidades em defesa da democracia no Brasil e contra o golpe que afastou Dilma Rousseff da presidência da República.

De acordo com Guilherme Boulos, coordenador da frente, as manifestações chamadas para o dia 31 pretendem dar continuidade ao processo de mobilização pelo Fora Temer e pela defesa dos direitos sociais. O movimento também defende a realização de um plebiscito sobre a antecipação das eleições presidenciais.

As centrais sindicais definiram a data de 16 de agosto como um dia de mobilização nacional por manutenção de direitos sociais, criação de empregos, retomada do crescimento e contra a agenda de retrocessos e ameaças aos direitos trabalhistas pelo governo interino de Michel Temer. A programação marca a retomada de ações promovidas conjuntamente pelas centrais.

No dia 16, estão previstas manifestações em frente a sedes de organizações empresariais em todo o país. Em São Paulo, por exemplo, o ato será realizado diante da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), na Avenida Paulista. O objetivo é oferecer resistência ao lobby empresarial junto ao governo interino com vistas a apressar projetos que culminem com a redução ou eliminação de direitos. (pulsar/rba)

Faça um comentário

78 + = 86