Moradores protestam contra mega-barragem em Cachoeiras de Macacu (RJ)


Rio Guapiaçu (foto: Guilherme Leporace)

Rio Guapiaçu (foto: Guilherme Leporace)

Na próxima quinta-feira (27), agricultores e moradores do município de Cachoeiras de Macacu protestam contra o projeto de construção de uma mega-barragem da refinaria do COMPERJ no rio Guapiaçu. Entre os principais impactos negativos da obra estão a remoção de centenas de agricultores familiares e de assentamentos da reforma agrária implantados na região desde os anos 60.

O município, localizado no norte do Rio de Janeiro, é considerado o segundo maior polo agrícola do estado e abastece a região metropolitana. Caso a barragem seja construída, serão menos seis mil empregos e um prejuízo econômico estimado em 100 milhões de reais por ano à cidade. Outra consequência seria o alagamento de extensas terras produtivas e de floresta remanescente da Mata Atlântica.

De acordo com o ecologista Sérgio Ricardo, a obra, que é uma compensação ambiental da Petrobras, está em processo de licenciamento sem ouvir as comunidades impactadas. Além disso, os estudos apresentados são extremamente precários e com informações manipuladas sobre a vazão do rio. Ainda segundo o ecologista, não foi analisada a proposta alternativa apresentada pela comunidade, que é o aproveitamento de aproximadamente quatro barragens que já existem na região e são administradas pela Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE). Essas barragens estariam abandonadas há 20 anos e teriam uma vazão superior a do rio Guapiaçu e com água de mais qualidade.

Os moradores de Cachoeiras de Macacu não se negam a ceder a água para os municípios da região metropolitana, porém isso não pode ser feito com um empreendimento que vai gerar um crime ambiental e um desastre econômico. Além do protesto que pretende fechar a rodovia RJ 122 a partir das 6 horas da manhã do dia 27, já está marcada uma audiência pública no próprio município no dia 21 de março. (pulsar)

Audios:

  • Sergio Ricardo fala sobre a mega-barragem de Cachoeiras de Macacu e seus impactos:

    Sergio Ricardo fala sobre a mega-barragem de Cachoeiras de Macacu e seus impactos

    Clique para baixar (2 MB)

Faça um comentário

49 − 45 =