Ministério Público confirma massacre em tribo isolada do Amazonas


(foto: Guilherme Gnipper Trevisan)

(foto: Guilherme Gnipper Trevisan)

À agência Amazônia Real, o Ministério Público Federal (MPF) confirmou que mais de 20 indígenas de uma tribo isolada do extremo oeste do estado do Amazonas foram assassinados por garimpeiros ilegais. O assassinato teria acontecido no último mês de agosto.

Conhecidos como “flecheiros”, os índios teriam sido mortos na cidade de São Paulo de Olivença, na fronteira do Brasil com o Peru e a Colômbia.

O massacre vem pouco tempo depois de outro ataque de garimpeiros que matou mais de vinte indígenas isolados da tribo Warikama Djapar, no Vale do Javari – este caso aconteceu em maio.

Em nota, a ONG Survival colocou na conta do governo de Michel Temer as recentes mortes de indígenas. O texto diz que Temer e seu governo possuem uma grande responsabilidade por este ataque genocida e que todas estas tribos deveriam ter tido suas terras devidamente reconhecidas e protegidas há anos. A nota ainda aponta que o apoio aberto do governo àqueles que querem violar territórios indígenas é extremamente vergonhoso. (pulsar/portal fórum)

Faça um comentário

+ 30 = 32