Governo lança medidas para coibir a exploração de crianças e adolescentes durante a Copa


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

A Ministra da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, Ideli Salvatti, disse hoje (20) que o governo não vai tolerar a violência e o abuso sexual contra crianças e adolescentes, especialmente durante a Copa do Mundo.

Ideli ressaltou que o aparato de segurança estará atento para perceber situações que envolvem violência, exploração e abuso sexual de crianças e adolescentes. A Ministra disse ainda que as operações policiais serão intensificadas em áreas que costumam ocorrer abusos ou violência durante o período do Mundial.

Com a proximidade da Copa do Mundo, em que há maior preocupação com o turismo sexual e o trabalho infantil, Ideli ressaltou a importância da população fazer denúncias por meio do Disque 100, que terá reforço de 30% no número de atendentes durante o Mundial, e do aplicativo gratuito Proteja Brasil, disponível em português, inglês e espanhol.

A partir do local em que o usuário se encontra, o programa indica telefones, endereços e os melhores caminhos para chegar até delegacias especializadas, conselhos tutelares e organizações que ajudam a proteger crianças e adolescentes da violência em todas as capitais e nas regiões metropolitanas das doze cidades-sede. Amanhã (21) a presidenta Dilma sancionará a lei que torna hediondo o crime de exploração sexual de crianças e adolescentes . (pulsar/rba)

Faça um comentário

− 4 = 2