Mais de 170 entidades pedem suspensão da tramitação da reforma da Previdência


Previdência Social (foto: reprodução)

Previdência Social (foto: reprodução)

Representantes de mais de 170 entidades civis fizeram na terça-feira (14) um ato na Câmara dos Deputados contra a proposta de reforma da Previdência, que está sendo discutida em comissão especial da Casa. Durante o evento, as entidades entregaram ao presidente da comissão, Carlos Marun (PMDB-MS), uma carta aberta em que pedem que seja suspensa a tramitação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287, que altera o sistema previdenciário.

Na carta, as entidades afirmam que a PEC “está fundamentada em premissas equivocadas e contém inúmeros abusos contra os direitos sociais”. Elas pedem a paralisação da tramitação da PEC para que o texto seja discutido com a sociedade, de modo a construir alternativas para melhorar o sistema da seguridade social e impedir o retrocesso de direitos sociais.

Para os signatários da carta, a proposta desfigura o sistema previdenciário e dificulta o acesso à aposentadoria e a outros benefícios. Entre os pontos criticados pelas entidades estão a exigência de idade mínima de 65 anos para homens e mulheres se aposentarem, de 49 anos de  contribuição para ter direito à aposentadoria integral; a elevação para 70 anos da idade para recebimento do benefício assistencial, pensões por morte e benefícios assistenciais em valor abaixo de um salário-mínimo.

Após o ato, o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Claudio Lamachia, defendeu um grande debate sobre a reforma antes de a PEC ser levada a votação.

Lamachia disse que é preciso encontrar algumas respostas que não foram dadas. Segundo ele, a primeira é a questão do déficit, ou não, da Previdência Social. Para o presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, o debate tem que ser travado de forma transparente.

Participaram do ato, representantes da maioria das 170 entidades e deputados contrários à reforma da Previdência. (pulsar)

*Informação da Agência Brasil

 

Faça um comentário

73 + = 80