Jornada da Agroecologia deve reunir 2 mil e 500 participantes no Paraná


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

Entre os dias 4 e 7 de junho, a Via Campesina realiza a 13ª Jornada de Agroecologia, na Escola Milton Santos, em Maringá, Paraná. São esperados 2 mil e 500 participantes entre camponeses, estudantes, professores, pesquisadores, integrantes de organizações, sindicatos, associações e movimentos sociais da cidade e do campo.

Realizada anualmente, a Jornada representa a síntese do processo de construção da agroecologia e embate ao agronegócio, consolidando-se como uma escola popular e camponesa. O objetivo Construir um Projeto Popular e Soberano para a Agricultura, criando também um espaço para mobilização, estudo e troca de experiências.

Após a abertura no dia 4, acontece a primeira grande conferência, com o tema central “O Projeto do capital para a Agricultura – o Agronegócio: análise e denúncia”. Um dos destaques da Jornada também será o lançamento do novo documentário do diretor Sílvio Tendler, “O Veneno está na Mesa II”.

Durante o encontro ainda serão realizadas conferências sobre o Projeto Popular e Soberano para a Agricultura e a Agroecologia nas Escolas. Está prevista também a Marcha pela Agroecologia e Alimentos Saudáveis para que o diálogo com a sociedade seja ampliado. (pulsar/brasil de fato)

Faça um comentário

+ 33 = 41