JBS desrespeita direitos trabalhistas e recebe a quarta condenação do ano


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

O frigorífico JBS, dono da marca Friboi, recebeu nova condenação por desrespeitar os direitos trabalhistas. Desta vez a empresa foi condenada a pagar dois milhões de reais de danos morais coletivos por não conceder aos funcionários que trabalham em ambientes artificialmente frios das fábricas locais adequados para o intervalo de recuperação térmica. O caso aconteceu nas cidades de Pontes e Lacerca, a 450 quilômetros de Cuiabá, no Mato Grosso.

Esta é a quarta condenação da JBS somente em 2014. Até o momento a soma já ultrapassou os oito milhões de reais em indenizações por irregularidades trabalhistas em fábricas no Acre, Maranhão e Rio Grande Sul.

Na sentença, a juíza Rafaela Pantarotto, da Vara do Trabalho de Pontes e Lacerda, torna definitivas as medidas da liminar concedida ao Ministério Público do Trabalho (MPT) em junho deste ano, que obrigaram o frigorífico a realizar melhorias no meio ambiente de trabalho.

A empresa tem 60 dias para a construção de espaço apropriado, do ponto de vista do conforto térmico e acústico, para o descanso dos empregados. Expirado este prazo, a multa prevista é de 50 mil reais por dia de descumprimento da determinação. (pulsar/página do mst)

Faça um comentário

89 − = 83