Imprensa internacional repercute supostas denúncias envolvendo Michel Temer


Marcelo-Camargo-Agência-Brasil-Michel-Temer-e1466771865236-300x243A imprensa internacional repercute amplamente as revelações do áudio no qual o presidente Michel Temer supostamente incentiva a compra do silêncio do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha.

A gravação feita por um dos donos da JBS, Joesley Batista, no âmbito de uma delação premiada do empresário com a Justiça brasileira, foi divulgada pelo jornal O Globo.

Na Europa, o espanhol El País diz que o caso estremece o Brasil. Segundo o francês Le Monde, os dias do presidente Michel Temer parecem contados após a revelação que levou vários brasileiros às ruas pedir sua demissão do cargo.

Já o português O Público destaca em sua manchete que o empresário gravou o presidente Temer autorizando suborno a Eduardo Cunha.

Em nota, o Palácio do Planalto disse que o presidente Michel Temer jamais solicitou pagamentos para obter o silêncio do ex-deputado Eduardo Cunha, mas admitiu a conversa do presidente Temer com  Joesley Batista.  (pulsar)

*Radioagência Nacional

Faça um comentário

− 4 = 6