Governo reajusta bolsa do Programa Mais Médicos


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

Uma portaria dos Ministérios da Saúde e Educação publicada, nesta segunda-feira (19), no Diário Oficial da União, reajusta de 10 mil reais para 10 mil 513 reais e um centavo o valor da bolsa-formação paga a profissionais do Programa Mais Médicos.

De acordo com o texto, a bolsa poderá ser paga pelo prazo máximo de 36 meses e entra em vigor hoje com efeitos financeiros a contar da competência de janeiro deste ano.

Criado em 2013, o Programa Mais Médicos tem como meta ampliar a assistência na atenção básica fixando médicos em regiões com carência de profissionais. Dados do governo indicam que 14 mil 462 médicos do programa passaram a atender uma população de 3 mil 785 municípios, o equivalente a 68 por cento das cidades do país, além de 34 distritos sanitários indígenas.

Na última semana, o Ministério da Saúde lançou um edital para ampliar o programa. O novo edital abrange mil e 500 municípios, dos quais 424 ainda não participavam da iniciativa. (pulsar/agência brasil)

Faça um comentário

6 + 1 =