Fórum virtual busca soluções para a violência contra jovens negros


(foto: José Cruz)

(foto: José Cruz)

Até a próxima quarta-feira (8), um debate pela internet examina propostas para salvar vidas de crianças e adolescentes negros. As discussões online serão feitas entre pessoas que se cadastrarem gratuitamente no fórum Juventude e Violência, no site www.mobilizadores.org.br. De acordo com a coordenadora-geral da Rede Mobilizadores, Gleyse Peiter, o objetivo do fórum é pensar soluções em defesa da vida.

Segundo o mais  recente relatório do Fundo das Nações Unidas para a Infância, de 2012, o Brasil fica em sexto lugar entre os países que registram grande número de vítimas de homicídios envolvendo jovens, principalmente negros, com até 19 anos.

Gleyse afirma que o Mapa da Violência 2014 mostrou que a vitimização de negros é bem maior que a de brancos. De acordo com o estudo, morreram proporcionalmente 146,5 por cento mais negros do que brancos no Brasil em 2012, em situações como homicídios, acidentes de trânsito ou suicídio.

Para o autor do mapa, o sociólogo Julio Jacobo Waiselfisz, da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso),  as pessoas brancas morrem menos de homicídio porque vivem em áreas mais beneficiadas por políticas de segurança e têm mais acesso à segurança privada. Julio acredita que os negros são excluídos duplamente: pelo Estado e em razão do seu baixo poder aquisitivo. (pulsar)

*Com informações da Agência Brasil.

Faça um comentário

70 + = 71