Estados do Norte têm taxa de mortalidade infantil acima da média nacional


(foto: Arquivo/Agência Brasil)

(foto: Arquivo/Agência Brasil)

A taxa de mortalidade infantil em estados do Norte do país está acima da média nacional. É o que mostra o estudo “Cadê? Brasil – Crianças e Adolescentes em Dados e Estatísticas”, que traz as informações com foco na primeira infância. Enquanto a taxa média nacional de mortalidade infantil é de 12 por cento, Roraima aparece em primeiro lugar no ranking, com índice de 20 por cento.  A cada mil bebês nascidos vivos, 20 morrem durante o primeiro ano de vida no estado.

Amapá vem logo depois, com 18 por cento. Em seguida vem o Acre, com 16 por cento;  Amazonas e Pará, com 15 por cento, e Rondônia, com 14 por cento.

Outro dado que aparece na pesquisa é a proporção de crianças menores de cinco anos, com peso abaixo do ideal, em 2015. Mais uma vez estados da Amazônia Legal têm um desempenho negativo. No Brasil, 134 mil crianças apresentaram magreza acentuada. Dessas, 11 mil e 400 são do Maranhão e cerca de nove mil, do Pará.

O relatório foi realizado pelo Instituto Marista Assistência Social, com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e de órgãos oficias, como o Ministério da Saúde e o da Educação. (pulsar)

*Com informações da Radioagência Nacional

Faça um comentário

76 − 68 =