Entidades se reúnem para entregar manifesto exigindo compromisso dos candidatos à Presidência com a Educação


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

Reunidas em Brasília, entidades elaboram manifesto e pedem que a educação seja compromisso prioritário dos candidatos à Presidência da República. Esta é a primeira vez que entidades ligadas à educação se unem em uma pauta conjunta para as eleições. Entre as bandeiras está a ampliação das fontes financeiras para o cumprimento da destinação de 10 por cento do Produto Interno Bruto (PIB) à educação, percentual que já está previsto no Plano Nacional de Educação (PNE), sancionado este ano.

O manifesto foi assinado por doze entidades, entre elas a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Estabelecimentos de Ensino (Contee), a Campanha Nacional pelo Direito à Educação, a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE) e a União Nacional dos Estudantes (UNE). Juntas, representam mais de 4 milhões de trabalhadores em educação dos setores público e privado, quase 70 milhões de estudantes secundaristas e universitários e movimentos sociais e educacionais.

A coordenadora da Secretaria de Comunicação Social da Contee, Cristina de Castro, explicou à Agência Brasil que no momento eleitoral, era quase uma obrigação das entidades que lutam por uma educação de qualidade tivessem esse tipo de comportamento para fortalecer as reivindicações.

Algumas sugestões propostas pelas organizações são a aprovação de projeto de lei que dê formato à cobrança de impostos sobre grandes fortunas ou de impostos sobre a movimentação financeira, em especial a de natureza especulativa. As entidades ainda pedem a expansão da oferta de ensino público, universal e de qualidade, a implantação de diretrizes nacionais de carreira e de planos de cargos e salários que permitam tornar atrativa a profissão de professor, salários dignos, investimentos em formação inicial e continuada, políticas de saúde e condições de trabalho adequadas para todos os trabalhadores da educação, entre outras demandas. (pulsar)

*Informações da Agência Brasil

Faça um comentário

54 − = 44