Em Niterói (RJ), Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária tem programação até domingo (9)


I Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária (foto: Dilliany Justino)

I Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária (foto: Dilliany Justino)

Começou na última quinta-feira (6) o Primeiro Encontro Latino-Americano de Comunicação Comunitária, realizado na cidade de Niterói, no Rio de Janeiro. O evento, que pretende ser um marco na luta por direitos, vai até o próximo domingo (9) com uma programação intensa de rodas de conversa e atrações culturais.

O primeiro dia do encontro contou com o painel “Experiências de Comunicação Comunitária na América Latina”, com a participação de representantes do Brasil, Colômbia, Argentina e Uruguai.

Eduardo Balán, do canal El Culebrón Timbal, da Argentina, ressaltou o papel da militância e do pensamento político na comunicação comunitária e contou um pouco sobre a experiência da Lei de Meios. Jairo Castrillón, da Corporación Semiósfera, da Colômbia, afirmou que “o importante nos meios de comunicação é a intenção”, além disso ele ainda apontou a necessidade de financiamentos públicos na produção de comunicação.

Renata Machado, da Rádio Yandê, a primeira web rádio indígena do Brasil, levou a experiência da comunicação para os povos tradicionais e levantou a necessidade de se discutir o direito à comunicação indígena.

Já André Fernandes, da Agência de Notícias das Favelas (ANF), abordou a perspectiva da comunicação comunitária nas favelas e contou a experiência da agência, que hoje conta com 400 colaboradores espalhados pelo Brasil e América Latina.

Para saber mais sobre o evento e a programação clique aqui. (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

2 + 1 =