Dona Penha recebe homenagem por sua resistência na Vila Autódromo


(foto: Pulsar Brasil)

(foto: Pulsar Brasil)

Desde que o Rio de Janeiro começou a sofrer os impactos dos megaeventos esportivos, as mulheres têm desempenhando um papel fundamental na luta contra as remoções e a violência e pelo direito à cidade. Na última quarta-feira (6), após anos de resistência para permanecer na comunidade Vila Autódromo, Maria da Penha Macena, ou simplesmente Dona Penha, foi homenageada com a medalha Pedro Ernesto pela cidade do Rio. Dona Penha teve sua casa demolida no último dia oito de março, Dia Internacional da Mulher.

O evento contou com uma mesa de debate sobre mulheres e lutas territoriais, composta por Raquel Rolnik, professora da USP (Universidade de São Paulo) e ex-relatora da ONU (Organização das Nações Unidas) para o direito à moradia adequada; Marcelo Freixo, deputado estadual (PSOL); Sandra Quintela, do Instituto PACS (Políticas Alternativas para o Cone Sul); Sandra Maria, moradora da Vila Autódromo; e Renato Cinco, vereador da cidade do Rio de Janeiro (PSOL).

Para Raquel Rolnik, a resistência de Dona Penha e dos moradores da Vila Autódromo tem uma abrangência muito maior do que o próprio Rio de Janeiro e faz parte de um contexto mundial que ela chama de guerra dos lugares. De acordo com ela, neste modelo as cidades se transformaram num espaço de remuneração de um capital financeiro investido. A permanência da Vila Autódromo significa a resistência contra esse modelo global.

Além da entrega da medalha a Dona Penha, outras mulheres também receberam moções de louvor: Gizele Martins, lutadora da Maré; Jane do Nascimento, lutadora da Vila Autódromo; Jane Camilo, lutadora de Manguinhos; Maraci Soares, lutadora do Quilombo do Camorim; e Dona Rita, lutadora da Colônia Juliano Moreira.

Dona Penha dedicou a homenagem a todos os moradores da Vila Autódromo e todos que apoiaram a luta da comunidade. Dona Penha acredita que hoje a história da comunidade já alcançou o mundo todo. (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

68 − 66 =