Deputados receberam 134 milhões em emendas para votar a favor de Temer na CCJ


(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

(foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou relatório contrário à aceitação da denúncia por corrupção passiva contra o presidente Michel Temer. Ao todo, 40 deputados votaram a favor de Temer. Esses parlamentares somaram 134 milhões de reais em empenhos para emendas só no mês de junho. Dos 40 votos a favor de Temer, 36 tiveram empenhos para emendas no mês passado, logo antes da votação.

O deputado que mais teve recursos comprometidos para suas iniciativas por meio de emendas em junho foi Paulo Abi-Ackel (PSDB-MG), relator do parecer contrário à aceitação da denúncia de Temer, o segundo votado pela CCJ. O parlamentar é aliado do governo e teve mais de cinco milhões de reais empenhados no mês passado.

Na lista de maiores beneficiados por emendas também está o deputado Beto Mansur (PRB-SP), que contou com empenhos cinco milhões. Mansur foi colocado na CCJ dois dias antes da votação. O parlamentar, vice-líder do governo, entrou no lugar de Lincoln Portela (PRB-MG).

Outro defensor ferrenho de Temer, Carlos Marun (PMDB-MS) também poderá contar com cinco milhões em emendas comprometidas em junho. Marun também participou da troca de cadeiras na CCJ e entrou na vaga de José Fogaça (PMDB-RS), que passou para a suplência.

Ao todo, dois bilhões de reais foram empenhados só no mês passado para parlamentares de 27 partidos e bancadas estaduais. Os peemedebistas contaram com mais de 284 milhões empenhados para emendas de seus parlamentares. Já as bancadas do Maranhão, Rio Grande do Norte e Roraima tiveram empenhados mais de 220 milhões em junho e contabilizaram seis votos a favor de Temer na Comissão.

Por 41 votos, sendo uma abstinência, a 24, o colegiado garantiu uma primeira vitória a Temer no Congresso. Agora o texto seguirá para plenário e, para que a denúncia não seja aceita, Temer precisará de 172 votos. (pulsar/contas abertas)

Faça um comentário

+ 16 = 23