Defensor de direitos humanos é assassinado em Anapú, no Pará, região é palco de conflitos agrários


Valdemir Resplandes foi mais uma vítima dos conflitos agrários no Pará. (foto: reprodução)

Valdemir Resplandes foi mais uma vítima dos conflitos agrários no Pará. (foto: reprodução)

O defensor de direitos humanos Valdemir Resplandes, uma das lideranças na luta por reforma agrária da região de Anapú, no Pará, foi assassinado. De acordo com a Polícia Civil do Pará, o crime ocorreu na terça-feira (9).

Valdemir conduzia uma moto por uma das ruas do Morro do Macaco em Anapú quando foi parado por dois homens. Um dos criminosos se posicionou atrás da vítima e efetuou um disparo nas costas.

 Quando estava no chão, Valdemir levou mais um tiro na cabeça. Segundo testemunhas, os homens saíram a pé sem levar nenhum pertence da vítima.

Situada na Amazônia, onde boa parte das terras pertence à União, a região é palco de conflitos agrários entre pretensos proprietários de terras e colonos. Foi em Anapú onde há quase 13 anos, a missionária Dorothy Stang também foi assassinada. (pulsar)

*Informação da Radioagência Nacional

Faça um comentário

− 3 = 2