Copa Rebelde reúne movimentos sociais neste domingo


 

I Copa Rebelde (foto: Lucas Ninno)

I Copa Rebelde (foto: Lucas Ninno)

O Comitê Popular da Copa de São Paulo organiza no próximo dia 15 de dezembro a Primeira Copa Rebelde dos movimentos sociais. O campeonato pretende questionar as consequências sociais do Mundial de 2014, realizado pela FIFA.

Mobilizados contra a Copa do Mundo, movimentos de luta por moradia, indígenas, ambulantes organizados, Marcha da Maconha e Movimento Passe Livres se reúnem para lembrar que o futebol popular não morreu. Apesar da especulação imobiliária e do descaso do poder público com a população pobre do país, o jogo de rua, a pelada e o bate-bola ainda resistem.

De acordo com o Comitê, a brutal transformação do futebol em negócio tem seu episódio mais perverso na realização da Copa da FIFA em 2014. Trabalhadores, moradores e torcedores pobres vêm sendo violentamente varridos para fora do cenário.

Nesse contexto, a Copa Rebelde se contrapõe à elitização do futebol e convida os movimentos sociais para um torneio entre suas equipes. Os jogos serão realizados na antiga rodoviária de São Paulo, no centro da cidade, a partir das 10 horas. (pulsar)

Faça um comentário

29 − 25 =