COMUNICAÇÃO PÚBLICA – DIREITOS: Trabalhadores da EBC cobram reajuste e podem fazer paralisação


Trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) aprovaram indicativo de paralisação e vão decidir na assembleia de amanhã (7) se vão suspender suas atividades. Há um impasse na negociação salarial deste ano.

    Uma carta reivindicando o atendimento dos pleitos dos funcionários foi protocolada hoje (6) nos órgãos do governo federal responsáveis pela EBC e pelas negociações salariais de servidores e empregados vinculados ao Poder Executivo Federal.

    Desde setembro deste ano, as representações dos trabalhadores e a direção da EBC negociam o Acordo Coletivo 2012-2013. Os trabalhadores reivindicam ganho real de 3% e reajustes de 12% no auxílio-alimentação, 30% no auxílio-creche e 50% no auxílio-pessoas com deficiência.

    Mas a direção da EBC, após consultas ao governo federal, informou que não seria possível conceder nenhum aumento acima do índice da inflação. Se a negociação for fechada dessa forma, os trabalhadores terão perdas devido ao aumento do IPCA no auxílio-alimentação. Outro argumento dos trabalhadores da EBC é o fato de outras empresas estatais terem obtido ganho real em 2012.

    A última proposta de negociação salarial foi entregue à direção da EBC no último dia 30. No documento, os trabalhadores solicitam que o governo federal valorize a comunicação pública e garanta os recursos necessários para o fechamento do acordo. Assinam o texto a Central Única dos Trabalhadores (CUT), sindicatos dos Jornalistas e Radialistas do Distrito Federal e de São Paulo, além da Comissão de Funcionários. (pulsar/adital)

Comentários desabilitados.