COLÔMBIA – GUERRILHA: Presidente colombiano estabelece prazo para negociações de paz


O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, anunciou que novembro de 2013 é o prazo máximo para os primeiros acordos no âmbito das negociações de paz do governo colombiano com as Forças Revolucionárias da Colômbia (Farc).

    O presidente estimou a data para o encerramento do próximo ano, depois de dizer que em seu país “as condições estão maduras” para a paz. Ele ainda disse que o processo de diálogo com as Farc não pode durar anos, mas sim, meses.

    Além disso, o chefe de Estado colombiano disse que seu governo vai dar garantias aos guerrilheiros se a guerrilha deixar o uso de armas. No entanto, afirmou que se as Farc têm a intenção de “fazer sua revolução por decreto na mesa de negociação e transformar o país, a Constituição e as políticas públicas, aí não haverá paz”.

    A mesa de diálogo entre o governo colombiano e os guerrilheiros foi instalada em 18 de outubro na cidade de Oslo, na Noruega. As negociações para colocar fim ao conflito armado que tem quase 50 anos na Colômbia continuaram em Cuba.

    A segunda etapa dos diálogos de paz ocorreu entre 19 e 29 novembro, em Havana, onde na próxima terça-feira (4) começa a terceira fase das negociações. No último final de semana, tanto as Farc como o governo colombiano entraram em acordo sobre a participação cidadã nas negociações de paz. (pulsar)

Comentários desabilitados.