Câmara aprova tombamento de escola próxima ao Maracanã


Manifestantes pressionam pelo tombamento (Fotos: Samuel Tosta)

A Câmara de Vereadores do Rio de Janeiro aprovou nesta terça-feira (18), por unanimidade, o tombamento da Escola Municipal Friedebreich, que faz parte do Complexo do Maracanã. Faltou quórum para aprovar o tombamento do antigo Museu do Índio.

Após a decisão da Câmara, o destino do colégio ficará nas mãos do prefeito Eduardo Paes, que pode sancionar ou vetar o projeto. A votação pelo tombamento da escola atingiu o quórum mínimo, foram 26 votos a nenhum contrário.

Em declarações, o prefeito carioca disse que o prédio da escola tem baixa qualidade e seria alocado para uma estrutura melhor. No entanto, pais e alunos contestaram sua opinião destacando as boas condições do edifício. A escola é a 10ª colocada no ranking do Ideb para o ensino básico do país.

Já o tombamento do edifício do Museu do Índio, construído no século 19 , obteve 22 votos, quórum considerado insuficiente. A matéria deverá ser retomada na quinta-feira (20). A comunidade indígena e apoiadores aproveitaram para convocar a todos que se solidarizam com a causa a comparecer na sessão na Câmara dos Vereadores.

O prédio da Aldeia Maracanã foi o primeiro Museu do Índio construído no Brasil. Desde 2006, índios de várias etnias passaram a ocupá-lo. (pulsar)

Faça um comentário

+ 29 = 38