Brasil desperdiça 36,4 por cento da água disponível


(foto: reprodução)

(foto: reprodução)

No Brasil, 36,4 por cento da água são desperdiçados e apenas 40,8 por cento do esgoto são tratados. A informação é do Departamento de Recursos Hídricos do Ministério do Meio Ambiente. De acordo com o Ministério, esse desperdício se refere às perdas no próprio mecanismo de disponibilização de água no abastecimento público, devido a encanamentos velhos, por exemplo. Essas perdas acontecem antes mesmo de a água chegar às casas das pessoas.

Segundo Sérgio Antônio Gonçalves, diretor do departamento, o desenvolvimento de políticas públicas no setor é fundamental para que o Brasil consiga avançar no uso sustentável dos recursos naturais e na melhoria da disponibilidade de água em qualidade e quantidade para os diversos usos.

Para Gonçalves, “as águas não têm nação ou território único. A maioria transcende os limites de municípios, estados, nações. Temos essa responsabilidade de cuidar dos recursos hídricos porque moramos neste planeta“.

Em relação ao Rio Doce, a diretora de Qualidade Ambiental do Ministério do Meio Ambiente, Letícia Carvalho, destacou a preocupação em identificar uma possível contaminação da sua bacia por substâncias químicas resultantes do rompimento da barragem. Ela afirmou ainda que é fundamental que se faça uma gestão ambientalmente adequada de metais pesados, por exemplo, para evitar riscos de contaminação do ar e das águas. Segundo Letícia Carvalho, o Brasil ainda não dispõe de uma legislação ampla sobre gestão de substâncias químicas. (pulsar/rba)

Faça um comentário

13 + = 21