Apib solicita exoneração de diretores da Funai por manobras administrativas envolvendo milhões em recursos


(arte: logo APIB)

(arte: logo APIB)

A Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib) divulgou uma nota solicitando ao Ministro da Justiça, Torquato Jardim, a exoneração de diretores da Fundação Nacional do Índio (Funai) que, conforme a carta de repúdio da entidades,  manobraram recursos internos para cobrir os custos de um suposto contrato de monitoramento de terras indígenas. Nenhum parecer técnico foi executado para embasar a decisão.

Dois diretores do órgão indigenista, Francisco José Nunes Ferreira e Azelene Inácio, teriam tomado a decisão na ausência do presidente da Funai, general Franklimberg Ribeiro de Freitas. Por essa razão, a Apib solicita ainda a devolução do recurso para as respectivas diretorias de onde ele foi retirado.

A carta diz que “a usurpação descarada de mais de 9 milhões de reais das outras instâncias, retirou um total de 4 milhões da Diretoria de Promoção ao Desenvolvimento Sustentável (DPDS) parte dos quais seria para cobrir a reunião do Comitê Gestor da Política Nacional de Gestão Territorial e Ambiental de Terras Indígenas (CG / PNAGATI), que deveria acontecer nesta semana”. (pulsar/cimi)

Faça um comentário

9 + 1 =