Adolescentes são barrados em “rolezinho” nos shoppings de São Paulo


Final de semana tem rolezinhos em São Paulo (foto: revista fórum)

Final de semana tem rolezinhos em São Paulo (foto: revista fórum)

No último sábado (11), encontros de jovens da periferia de São Paulo, conhecidos como rolezinhos, terminaram em tumulto em dois shoppings da cidade. Adolescentes foram barrados e em alguns casos a Polícia Militar usou balas de borracha e bombas de gás lacrimogêneo e efeito moral.

Os rolezinhos aconteceram nos shoppings Itaquera, zona leste de São Paulo, e Campo Limpo, na zona sul. No Itaquera, as ações da Polícia Militar foram contra cerca de mil jovens.  Já shopping Campo Limpo, policias da Força Tática da Policia Militar fizeram ronda no interior do local em busca dos adolescentes. A confusão começou quando alguns jovens decidiram pular a grade do estacionamento.

No shopping JK Iguatemi, adolescentes desacompanhados foram impedidos de entrar ou questionados sobre o motivo da visita. Um cartaz na entrada informava sobre a multa de 10 mil reais para manifestantes identificados.

Preocupados com o risco de o movimento chegar ao Rio Grande do Sul, comerciantes gaúchos monitoram desde dezembro os acontecimentos em São Paulo. Para o sociólogo Ivaldo Gehlen, professor do departamento de sociologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, o fenômeno representa mais uma tentativa das classes populares de se apropriarem de um espaço tradicionalmente restrito aos setores mais favorecidos. (pulsar)

Faça um comentário

8 + 2 =