A cada 12 minutos, uma mulher foi agredida no Rio de Janeiro em 2016


Mulheres protestam contra violência no Rio (foto: Dilliany Justino)

Mulheres protestam contra violência no Rio (foto: Dilliany Justino)

A cada 12 minutos, uma mulher foi agredida no Rio de Janeiro em 2016; 64 por cento das vítimas que prestaram queixa de agressão no ano passado eram mulheres. Por dia, duas mulheres procuraram uma delegacia para denunciar o crime de assédio.

Os dados fazem parte das análises preliminares do Dossiê Mulher divulgadas pelo Instituto de Segurança Pública do Estado. Segundo a diretora-presidente do Instituto, Joana Monteiro, os números mostram o tamanho do problema.

Segundo ela, é preciso conscientizar a população e demandar políticas que venham a reduzir essas agressões.

O dossiê reúne desde 2006 dados anuais sobre os principais crimes que diariamente milhares de mulheres sofrem, como lesão corporal dolosa, ameaça, assédio sexual, atentado violento ao pudor, estupro e homicídio doloso. (pulsar/brasil de fato)

Faça um comentário

+ 46 = 51