Olimpíadas 2016: movimentos sociais realizam ‘Ato dos Atletas’ no Rio


(foto: André Mantelli)

(foto: André Mantelli)

O Comitê Popular Rio Copa e Olimpíadas, a Associação dos Atletas e Amigos do Célio de Barros (AACB), Associação dos Veteranos do Atletismo (AVAT), Comissão pelo Júlio Delamare, entre outras organizações, realizaram o ‘Ato dos Atletas’, na última terça-feira (16), para cobrar investimentos nos equipamentos esportivos públicos. A manifestação ocorreu na Cinelândia, Centro do Rio de Janeiro, em frente ao Teatro Municipal, onde ocorria a entrega do Prêmio Brasil Olímpico.

Além de cobrar investimentos, os manifestantes protestaram contra o financiamento e a execução das obras no Estádio Mário Filho, o Maracanã, no Estádio Célio de Barros e no Velódromo da Cidade; contra o fechamento e a ameaça de demolição do Parque Aquático Júlio Delamare e contra o novo campo de golfe da Barra da Tijuca. Eles criticam ainda a privatização do Estádio de Remo da Lagoa e do Parque do Flamengo, reivindicando maior preocupação com o meio ambiente e com o valor histórico dos patrimônios públicos em questão.

Segundo a organização do ato, um grande evento esportivo está novamente sendo usado “como pretexto para transformar a cidade num balcão de negócios, onde parques esportivos públicos são privatizados e o tal ‘legado olímpico’ torna-se palavra vazia ‘somente para inglês ver’”.

Foram recolhidas assinaturas de artistas e atletas, entre as quais da ex-jogadora de vôlei Virna Dias e do iatista Torben Grael. (pulsar)

Faça um comentário

+ 41 = 48