Maioria dos projetos de mobilidade urbana para Copa 2014 está atrasada


Obras da Trincheira Jurumirim em Cuiabá (foto:olhardireto)

Obras da Trincheira Jurumirim em Cuiabá (foto:olhardireto)

A oito meses da Copa de 2014, apenas quatro dos 53 projetos de mobilidade urbana das 12 cidades-sede estão concluídos no país. De acordo com o plano inicial do governo, os projetos deveriam ter sido entregues até o fim de 2012. Ao todo, já foram gastos 257 milhões e 900 mil reais na construção dos projetos já concluídos.

Em Porto Alegre, 10 projetos podem ser removidos da lista de obras da Copa porque não devem estar prontos a tempo. O mesmo ocorre em outras capitais. O secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco disse em entrevista para o jornal Zero Hora que a lentidão se explica por falta de planejamento e projetos mal feitos.

A pressão da Federação Internacional de Futebol (Fifa) também é um argumento utilizado pelas autoridades para justificar o atraso nas obras. Em Recife, um corredor de ônibus rápido vai ficar para depois do Mundial. O adiamento, segundo o secretário da Copa da cidade, Ricardo Leitão, ocorreu por priorizar o estádio. Segundo ele, existem projetos para 12 obras viárias mas a Fifa quis o estádio pronto antes da Copa.

Dos quatro projetos concluídos nas cidades-sede até agora, só um é de grande porte: a construção do Boulevard Arrudas, em Belo Horizonte, uma larga avenida de 3,5 quilômetros com ciclovia e viadutos, que custou 213 milhões de reais aos cofres públicos. Em Fortaleza, a construção do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) Parangaba-Mucuripe ameaça cerca de 5 mil famílias de 20 comunidades que poderão ter suas casas removidas. Esse é o projeto mais caro de mobilidade urbana da capital cearense.

Segundo a Matriz de Responsabilidades da Copa, o VLT custará 265 milhões e 500 mil reais, sendo170 milhões em verbas federais, via Caixa Econômica Federal, destinados à obra, e 95 milhões e 500 mil reais de verbas municipais para a elaboração do projeto  e para as desapropriações. (pulsar)

Faça um comentário

45 + = 46