Jornalista britânico denuncia “jogo sujo” da Fifa em debate no Rio de Janeiro


Andrew Jennings questionou representantes da Fifa durante debate no Rio (rionarua)

Andrew Jennings questionou representantes da Fifa durante debate no Rio (rionarua)

O jornalista investigativo Andrew Jennings, autor do livro, “Jogo Sujo, o mundo secreto da Fifa”, destacou durante debate realizado ontem (17) no Rio de Janeiro que o Brasil “não ganhou um direito ao sediar a Copa de 2014”  e  na verdade dará muito dinheiro para o evento.

No debate que contou com a participação de Gustavo Mehl, do Comitê Popular da Copa e das Olimpíadas, e o professor do Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Carlos Vainer, Andrew Jennings falou sobre os casos de corrupção e subornos na FIFA e no Comité Olímpico Internacional (COI). Devido às suas denúncias, ele foi banido pela entidade. Dois funcionários da Fifa também estavam presentes.

Com comentários ácidos e irônicos ele incentivou que a população brasileira não fique calada e proteste contra as autoridades responsáveis pelo evento, como o presidente da Fifa, Sepp Blatter.

Jennings também convocou a população a se mobilizar durante o Congresso da Fifa, que ocorrerá em São Paulo, uma semana antes do Mundial. De acordo, as empresas multinacionais também vão lucrar muito com o evento. Ele cita como exemplo o valor dos preços das passagens internas, aconteceu no mundial da Africa do Sul, em 2010. Em sua fala, o professor Carlos Vainer também criticou o fato das leis serem flexibilizadas para atender interesses de grandes corporações.

Já o responsável pela comunicação corporativa da FIFA, Alexander Koch, pediu a palavra e disse que são contra as remoções e que estranham que “as leis no Brasil estejam endurecendo por conta da FIFA”.  Em resposta, Vainer desafiou os representantes da maior entidade de futebola fazer uma declaração oficial a presidência da República, dizendo que não fará o evento, caso haja remoções. De Acordo com Koch, a expectativa de lucro da entidade para a Copa do Mundo no Brasil é de 2,1 bilhões de reais. (pulsar)

Faça um comentário

42 + = 47