Imigrantes são escravizados em obras da Copa de 2022 em Catar, denuncia jornal britânico


Cidade estaria sendo construída por trabalhadores escravizados (foto: divulgação)

Cidade estaria sendo construída por trabalhadores escravizados (foto: divulgação)

O jornal britânico The Guardian denunciou nessa quarta-feira (25) que Imigrantes do Nepal são escravizados nas obras da Copa do Mundo de 2022, no país árabe Catar.

São os braços desses trabalhadores que erguerão uma cidade inteira, Lusail City, a partir do zero. Serão gastos 45 bilhões de dólares com infraestrutura e com um estádio para 90 mil espectadores.

A descoberta dos trabalhadores escravizados veio após investigação de 44 mortes súbitas de jovens em apenas 66 dias, entre junho e agosto. A média de quase um óbito por dia teria sido motivada por exaustão.

Ainda de acordo com o Guardian, a complexa cadeia escravagista leva anualmente aldeias inteiras do Nepal para o Catar. Operários relataram 24 horas de trabalhos ininterruptos, com agressões e sem comida. Os nepaleses formam a maior parte dos 90% de trabalhadores estrangeiros do país.

Eles seriam submetidos a métodos modernos de escravidão, definidos pela Organização Internacional do Trabalho das Nações Unidas. Em resposta à matéria, o Ministério do Trabalho do Catar disse que as mortes de trabalhadores do Nepal dizem respeito “às autoridades de saúde ou ao governo do Nepal”.

Já Lusail Real Estate Company afirmou  “não tolerar violações de trabalho ou de saúde” em seus locais de trabalho. O Comitê da Copa de 2022 afirma estar “profundamente preocupado” e garante investigar as denúncias.

No Brasil também encontramos situações de escravidão em obras direcionadas à Copa do Mundo 2014. Na terça-feira (24)  a fiscalização do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), em conjunto com o Ministério Público do Trabalho (MPT), resgatou 111 operários em condições análogas à escravidão nas obras de ampliação do Aeroporto Internacional de São Paulo em Guarulhos, entre 6 e 21 de setembro. (pulsar)

Faça um comentário

+ 52 = 57