Programa produzido por estudantes fala sobre os novos caminhos para a mobilidade urbana no Brasil


Mobilidade alternativa (foto: reprodução)

Mobilidade alternativa (foto: reprodução)

O Bicicleta e Companhia está de volta. O programa que é uma produção dos alunos de Jornalismo da Universidade Federal Fluminense (UFF) fala nesta edição sobre a malha cicloviária no Brasil, com foco para as cidades de São Paulo e Niterói.

Por que a capital paulista conta com 400 quilômetros de ciclovia, enquanto Niterói possui apenas 36 quilômetros? Para esclarecer as dúvidas sobre o tema e entender como algumas cidades no mundo possuem mais bicicletas do que habitantes, o programa conversou com a arquiteta e urbanista, Cynthia Gorham.

Além disso, nesta edição os ouvintes poderão saber mais sobre a chegada da bicicleta no Brasil e o movimento Bicicultura 2017 – “A revolução da bicicleta”, que ocorre em Pernambuco de 7 a 10 de setembro e reúne ciclistas do Brasil para mobilização a favor da bike e atividades culturais.

A iniciativa não tem interesses financeiro, político ou partidário. A ideia da equipe é compartilhar o programa com o maior número de rádios comunitárias, livres e universitárias. O programa é transmitido toda a segunda quinzena do mês pela webradio da UFF ‘Nas Ondas do IACS’. A Pulsar Brasil também é um canal de divulgação. Para conhecer mais sobre o projeto, acesse o facebook do programa Bicicleta e Companhia (pulsar)

Audios:

Faça um comentário

77 − 73 =