Doria diz que cortou merenda nas escolas por conta da “obesidade infantil”


João Doria, prefeito de São Paulo (foto: reprodução)

João Doria, prefeito de São Paulo (foto: reprodução)

Na semana passada, a professora Marcella Campos, diretora da Apeoesp, fez uma denúncia sobre o racionamento de merenda para as crianças que a prefeitura vem promovendo nas escolas municipais de São Paulo.

A notícia viralizou e, em pouco tempo, inúmeras outras professoras confirmaram a informação de que a prefeitura estaria dando ordens para não deixar os alunos repetirem a refeição já que, desde o início do ano, tem caído consideravelmente a qualidade e quantidade de alimentos entregues nas escolas.

A informação gerou revolta entre internautas, que lotaram a página do prefeito João Doria, no Facebook, com críticas. Ao responder uma dessas críticas, o tucano afirmou que a prefeitura não está cortando alimentos, mas sim “readaptando” a alimentação nas escolas com o intuito de combater a “obesidade infantil” que, para a gestão municipal, seria um problema sério na cidade.

Na mesma postagem em que os internautas criticaram o suposto racionamento de merenda nas escolas, alguns questionaram o prefeito sobre as mudanças no passe livre estudantil. Esses comentários o tucano não respondeu. (pulsar/portal fórum)

Faça um comentário

− 2 = 1